thumbnail Olá,

O italiano ainda defendeu que nenhum jogador pode ser maior que o clube

Não foram só críticas que Mourinho recebeu, após colocar Iker Casillas no banco de reserva. Fabio Capello, que já comandou o Real Madrid, defendeu a atitude do colega de profissão e disse que nenhum jogador pode ser maior que o time.

“Quando você é treinador em Madrid, você precisa saber que antes e depois de você, tem o Real Madrid e os torcedores. Acima do treinador e dos jogadores, acima de todos, está o nome do Madrid", afirmou Fabio Capello.

O atual comandante da Rússia sempre teve a fama de ser rigoroso, assim como Mourinho. Por isso, Capello tentou explicar um pouco do comportamento. “Os jogadores são sortudos pelo trabalho que eles têm. Como treinador, eu quero apenas respeito e que as pessoas sejam disciplinadas.”

 “Alguns jogadores ficam nervosos com as mudanças, mas eu explico que essas mudanças são para melhorar o jogo e não ajuda em nada ficar nervoso. O comportamento dos jogadores é também muito importante", concluiu Fabio Capello.

Relacionados