thumbnail Olá,

Para o treinador, a Velha Senhora deu um salto de qualidade e confiança a partir do 3 a 0 sobre os Blues e pode ter um 2013 de muito sucesso

O técnico da seleção russa, Fabio Capello, acredita que a vitória da Juventus sobre o Chelsea foi o ponto-chave para uma mudança de atitude na campanha da Velha Senhora nessa temporada.

Os Bianconeri conseguiram um impressionante placar de 3 a 0 sobre os campeões europeus reinantes e acabaram como primeiros do grupo, e Capello acredita que o resultado, assim como o desempenho na partida, podem ter sido o catalisador para o sucesso da Juve também em 2013.

"A Juventus tem muita solidez e continua a ser muito convincente nas suas performances. Conte está fazendo um ótimo trabalho. Acho que o ponto chave da temporada coincide com a vitória sobre o Chelsea. O time deu um salto, até em termos de confiança. Esta equipe tem jogadores que fazem a diferença. Vucinic, Buffon, Chiellini, Pilo," citou o italiano ao jornal Gazzetta dello Sport.

A vitória da Juventus por 3 a 1 sobre o Cagliari no último jogo em 2012 deu à equipe 94 pontos conquistados em 12 meses, ultrapassando o recorde do time comandado por Capello em 2005. Entretanto, o ex-treinador da Juve acredita que aquela equipe não pode ser propriamente comparada à de Conte, pois a Serie A era mais competitiva na sua época, acrescentando que a punição ao Napoli aumenta ainda mais a diferença entre as equipes na temporada atual.

"O campeonato era muito mais competitivo em 2005, havia pelo menos cinco equipes preparadas para a vitória sempre. Gostaria de esclarecer que o Napoli perdeu dois pontos por causa dos eventos do Scommessopoli [escândalo de manipulação de resultados]. A decisão afeta a briga pelo Scudetto," disse.

O Milan, ainda brigando para reviver, vem sendo ligado a uma transação por Didier Drogba, e, apesar de Capello acredita que a estrela da Costa do Marfim poderia ser uma ótima contratação aos Rossoneri, ele insiste que há apenas uma equipe que pode fazer frente à Juventus e não é a gigante de Milão.

"Um jogador como Drogba pode fazer a diferença. Mas mesmo assim, para mim, só tem um time que pode causar problemas à Juventus, e é a Roma," encerrou.

Relacionados