thumbnail Olá,

"Não, eu não sou velho. Sou é maduro. Acredito que ainda posso jogar pelo menos mais três anos a nível top, depois disso logo veremos o que acontece", disse

Gigi Buffon, com 34 anos, um dos melhores goleiros italianos, acredita que tem ainda muito para dar ao futebol. Ele disse que acredita jogar mais três anos em alto nível.

"Sinto-me bem, muito bem ainda. A minha idade? Não, eu não sou velho. Sou é maduro. Acredito que ainda posso jogar pelo menos mais três anos a nível top, depois disso logo veremos o que acontece. Sei os meus limites, até onde me posso forçar a ai, e sinto que ainda tenho algo para dar", afirmou à Gazzetta dello Sport.

O guardião italiano também fez elogios a Messi e disse que o argentino é único.

"Messi foi de fato o melhor do ano, tem números inacreditáveis. É único. Mas também temos que ver que é um atacante, Pirlo, por exemplo, não deve nada a ninguém em termos de qualidade. Em termos de qualidade, é igual, só não joga é na frente, tem uma importância e um papel diferente, e hoje em dia só se pensa é em quem marca os gols", salientou.

Relacionados