thumbnail Olá,

O jogador aposentado falou sobre suas temporadas no Atlético de Madrid para endossar as recentes reclamações de Pepe

Após Pepe, do Real Madrid, declarar que sofre uma certa perseguição por causa de sua nacionalidade portuguesa, o zagueiro aposentado Paulo Futre, que passou pelo futebol espanhol através do Atlético de Madrid, confirmou uma certa "rivalidade" entre os países.

"Quando eu jogava fora do Vicente Calderón (estádio do Atlético de Madrid) era sempre insultado. As vezes mais, outras menos, mas nunca recebi aplausos. Isso faz parte da vida de futebolista, o que eu nunca pensei foi que os insultos que recebia eram por ser português", afirmou em entrevista ao jornal espanhol Marca.

Futre também disse compreender a situação de seu conterrâneo, apesar de tantar conviver bem com a "perseguição". "Entendo Pepe como entenderia um jogador espanhol que joga em Portugal se queixando de ser odiado pelos portugueses. Uma vez tive o azar de cruzar na rua com torcedores radicais do Real Madrid e quase fui agredido. De qualquer forma, tenho certeza que esse ódio era por eu ser um jogador do Atlético, não por ser português", complementou.

Apesar das histórias relacionadas a ofensas pela sua nacionalidade, Futre se diz muito agradecido à Espanha por todo o carinho que sempre recebeu no país.

Relacionados