thumbnail Olá,

O presidente do clube belga deu um prazo de dois anos para a implementação de uma Beneliga

O Standard de Liège pretende solicitar sua adesão ao Campeonato Francês caso a ideia da unificação entre os campeonatos da Bélgica e da Holanda, reunindo as melhores equipes em uma Beneliga, não avance.

"Ou nos associamos à Holanda para criar uma Beneliga ou o futebol belga desaparecerá por morte natural", alertou Roland Duchâtelet, presidente do clube.

Duchâtelet, dono do Standard desde 2011, defende a necessidade de unir clubes de dois grandes países do Benelux para tornar o campeonato mais forte e garantir a sobrevivência econômica do futebol na região.

A ideia de uma Beneliga existe há alguns anos e, segundo o presidente do clube, conta com a adesão de algumas equipes como Anderlecht e Club Brugge, na Bélgica, e Ajax e PSV Eindhoven, na Holanda. A competição teria 20 clubes, divididos entre os países com base na população local (12 holandeses e 8 belgas), selecionados após uma fase de classificação.

Caso a ideia não seja colocada em prática nos próximos dois anos, Duchâtelet ameaçou tomar medidas drásticas. "Se este projeto não for para frente, o Standard pedirá adesão à primeira divisão francesa. Regulamentariamente é possível, se os franceses estiverem de acordo", declarou.

Relacionados