thumbnail Olá,

UEFA anuncia punição ao clube espanhol por não conseguir se adequar ao fair-play financeiro, mas somente a partir da próxima temporada

A UEFA anunciou que o Málaga será excluído das próximas competições europeias para as quais se classificar depois de não conseguirem atender aos requisitos do fair-play financeiro impostos pela entidade.

A equipe espanhola terminou o campeonato em quarto lugar na temporada passada, garantindo vaga na Liga dos Campeões, e tem uma campanha espetacular até aqui, liderando o grupo que continha Milan e Zenit. Entretanto, o clube foi tomado por problemas financeiros no último verão europeu e acumulou muitas dívidas, incluindo salários atrasados para jogadores. A Federação Espanhol inclusive proibiu o clube de fazer contratações.

A única solução para a equipe é colocar as finanças em dia até o próximo 31 de março, garantindo pagamentos a outros clubes, impostos e funcionários.

O Málagra não foi excluído da atual Champions para evitar complicações na competição. A equipe irá enfrentar o Porto nas oitavas-de-final, em fevereiro. Além da punição, a UEFA aplicou uma multa de 300 mil euros.

Com isso, a UEFA prova que não pretende aliviar a situação de ninguém nas cobranças pelo fair-play financeiro. O Besiktas, da Turquia, foi proibido de participar da Liga Europa este ano pelos mesmos motivos.

Em resposta, o Málaga divulgou uma nota mostrando-se indignado com a posição da entidade e afirmando que está cumprindo com todas as fases previstas no processo de reestruturação interna para se adequar às regras. O clube classificou a decisão como um 'castigo injusto'.

Relacionados