thumbnail Olá,

Técnico conversou com a imprensa após a goleada sobre o Leeds que garantiu o time de Londres na semifinal da Copa da Liga

O técnico interino do Chelsea, Rafa Benítez, afirmou que o ataque do Chelsea ainda tem muito mais a oferecer após a vitória por 5 a 1 sobre o Leeds, na última quarta-feira, pela Copa da Liga Inglesa.

Após sair atrás no placar, o time londrino voltou para o segundo tempo e não só reagiu como alcançou uma goleada e garantiu sua vaga nas semifinais da competição, onde irá enfrentar o Swansea em jogos de ida e volta.

Juan Mata, Branislav Inovanovic, Victor Moses, Eden Hazard e Fernando Torres deixaram a sua marca e o Chelsea chegou agora a 17 gols nos último cinco jogos em todas as competições - mas Benítez acredita que ainda há muito o que evoluir.

"Acho que estamos indo bem no ataque, mas ainda podemos melhorar. Estávamos também falando sobre o gol que concedemos. Sabemos que o David [Luiz] cometeu um erro de passe, mas o time tem que reagir de um jeito diferente. É o que precisamos melhorar e não temos muito tempo porque não temos muitos treinos. Foi bom no Japão porque pudemos praticar algumas coisas. Mas ainda precisamos de tempo para aprimorá-las. Estou feliz por termos sofrido apenas um gol e não termos dado muitas chances," disse o treinador aos repórteres.

O Chelsea tem um importante jogo em casa contra o Aston Villa no próximo domingo e Benítez revelou que John Terry ainda é um problema.

"Minha prioridade é vencer o Villa, aproveitar este jogo [contra o Leeds] e depois será uma questão de tempo para saber se a equipe pode manter este nível de atuação, então ganhar será mais fácil quando todos estiverem juntos. Um dia o Terry está bem, no outro ele sente problemas no joelho. Não sabemos se ele irá demorar uma semana ou três dias para voltar," encerrou.

Relacionados