thumbnail Olá,

David Moyes chamou a atenção da federação para cabeçada de Fellaini em zagueiro do Stoke City que acabou passando despercebida pelo árbitro

Ver técnico reclamando de arbitragem em coletivas pós-jogos é uma cena que se repete em todos os campeonatos do mundo. Mas técnicos pedindo punição para seus próprios jogadores não é uma coisa se vê todo dia.

Aconteceu neste sábado, após o empate em 1 a 1 entre Stoke City e Everton. O escocês David Moyes, falando à rede britânica BBC, pediu à Federação Inglesa por punição a Marouane Fellaini, um dos principais jogadores do Everton na temporada, depois que o belga acertou uma cabeçada no zagueiro do Stoke, Ryan Shawcross, e saiu impune.

Apesar das imagens de TV terem mostrado claramente o momento em que Fellaini acertou uma cabeçada criminosa no adversário, fora de lance de jogo, o juiz Mark Halsey não viu o lance e deixou a partida seguir.

A agressão não passou despercebida para o treinador dos Toffees, que disse esperar ação imediata da federação.

"Ele merece ser punido. Eu vi o lance, foi terrível, e acho que ele será punido. Depende da federação. Disse a ele que o que ele fez não é aceitável e qualquer que seja a sentença, será merecida," disse Moyes.

Perguntado sobre como pretende compensar a perda de um dos jogadores mais importantes por suspensão, Moyes afirmou ainda não ter considerado.

"Não temos uma ausência ainda. Mas ele realmente é um grande jogador e uma grande parte do time, e é justamente por isso que estou tão decepcionado. A grande decepção é que, se alguma coisa de fato acontecer, é responsabilidade dele."

"Normalmente eu só reclamo se acho que estamos sendo injustiçados e já falei uma ou duas coisas nessa temporada a respeito de decisões que nos prejudicaram. Então acho que se eu quero falar sobre isso, tenho que falar quando é com o meu time também. Hoje, deveríamos ter tido um jogador expulso. Se o juiz tivesse visto, ele teria mostrado o cartão vermelho," encerrou o sincero treinador.

Relacionados