thumbnail Olá,

Espanhol defendeu o técnico Roberto Mancini das críticas pela eliminação da equipe na Liga dos Campeões e projetou mais um título na Inglaterra

O meia David Silva, do Manchester City, admitiu, em entrevista ao jornal The Daily Mirror, que os jogadores devem assumir a responsabilidade pela desclassificação da equipe na Liga dos Campeões, classificando como injustiça colocar a culpa sobre os ombros do técnico Roberto Mancini.

Com apenas dois pontos em seis jogos pela fase de grupos da competição europeia, os atuais campeões ingleses acabaram em último lugar, sem sequer conseguir uma vaga para a Liga Europa. Mesmo assim, Silva saiu em defesa do treinador.

"Todos somos responsáveis pelo que aconteceu nesta temporada. A forma com que jogamos a Champions - todos temos de assumir culpa por ela," disse.

"Não começamos bem na Champions e isto nos custou muito mais para frente. Não deu certo. Mas não se pode culpar o treinador. Não posso afirmar o que foi que deu errado, tudo que posso dizer é que quando vim para o City buscávamos apenas acabar entre os quatro primeiro no Inglês, e, desde entã, ganhamos o campeonato, a Fa Cup...

"As pessoas não podem esperar ganhar a Champions assim. Temos jogadores muito bons e chegaremos lá. É uma ambição que tenho, ganhá-la com o City, mas um passo de cada vez."

Silva insistiu que Mancini é o homem para ocupar o cargo de comandante dos Sky Blues.

"Desde que cheguei temos tido muito progresso com o Roberto, tudo o que ele fez foi melhorar a equipe," afirmou.

O City está atualmente a seis pontos do líder Manchester United depois de uma derrota inesperada em casa no derby do último fim de semana. Silva lembrou que esta a distância já foi recuperada antes.

"No ano passado vimos como eles estavam muitos pontos à frente e ganhamos do mesmo jeito. Podemos fazer de novo."

Para o espanhol, ganhar o Inglês mais uma vez seria um grande feito para o clube, que, ele espera, um dia seja tão bem cotado quanto um certo gigante do seu país natal.

"Ganhar a Premier League é visto como algo muito grande. Seria sensacional manter o título. Tive sorte em minha carreira de ter ganhando muitos títulos, mas quero ganhar muitos mais. Espero que um dia se fale sobre este clube como se fala sobre o Barcelona," encerrou.

Relacionados