thumbnail Olá,

Em declarações ao site oficial do clube londrino, Wenger admitiu que "é muito difícil" a escolha entre Ronaldo, Messi e Andrès Iniesta, o outro candidato ao prêmio da FIFA

Em declarações ao site oficial do Arsenal, Arsène Wenger, admitiu que "é muito difícil" a escolha entre Ronaldo, Messi e Andrès Iniesta, o outro candidato ao prêmio da FIFA.

"Não sou grande adepto deste tipo de votações. Mas se escolhermos apenas pela classe pura, será Messi. Se quisermos privilegiar o feito do ano, será Ronaldo e, logo a seguir, Iniesta".

Wenger aproveitou para manifestar total oposição ao projeto da UEFA em alargar a Liga dos Campeões para 64 equipes, acabando com a Liga Europa. O projeto permitiria a entrada de sete equipes da liga inglesa, mas nem isso convenceu Arsène Wenger.

"Não me convence. A Liga dos Campeões já tem problemas de audiência nos jogos da fase de grupos. Acho que o alargamento iria criar mais problemas e baixar o nível de competição".


Relacionados