thumbnail Olá,

Espanhol tem a chance de conquistar seu segundo título mundial 'sem ter nada a ver com isso', opina o técnico do United

A demissão de Roberto di Matteo e a rápida contratação de Rafa Benítez no Chelsea pegou a muitos de surpresa no futebol inglês. Para o técnico Alex Ferguson, o italiano foi tratado com injustiça no rival londrino, por tudo o que conquistou em um período relativamente curto de trabalho (assumiu em março).

"Impressiona bastante, quando você se dá conta que ele venceu uma FA Cup e uma Champions League no período", contou o comandante do Manchester United.

"Para mim, a grande decepção é que, em duas semanas, o Chelsea está indo disputar o Mundial de Clubes. Pelo menos que dessem ao homem [Di Matteo] a chance de vencê-lo."

O escocês fez pouco caso do novo treinador dos Blues, lembrando que ele terá a chance de vencer seu segundo título mundial sem que tenha participado da etapa continental da conquista.

Em 2010, Benítez assumiu a vaga de José Mourinho na Internazionale, quando este deixou os italianos para assumir o Real Madrid. Em dezembro daquele ano, venceu o Mundial ao bater o Mazembe por 3 a 0, em Abu Dhabi.

"Rafal Benítez tem muita sorte porque, em um período de duas semanas, poderá ter mais um título mundial no currículo, sem que não tenha nada a ver com as equipes que dirigiu."

"Mourinho venceu a tríplice coroa com o Milan [naquele ano, os nerazzurros venceram, também, a Serie A], Benítez assume e vence o Mundial sem ter nenhuma participação na construção das duas equipes", encerrou Ferguson.

O Chelsea estreia no Japão no dia 13 de dezembro, diante do vencedor do jogo entre o Ulsan Hyiundai e Monterrey, campeões da Ásia e América do Norte, respectivamente.

Relacionados