thumbnail Olá,

Ex-técnico criticou também as posturas de Nasri e Ribery

Raymond Domenech afirmou que Anelka foi o culpado pelo fracasso da França na Copa do Mundo de 2010. Segundo o treinador da seleção na África do Sul, o atacante desafiou a sua autoridade.

"Anelka tinha matado o grupo", disse.

Domenech, no entanto, afirmou em seu livro Tout Seul (Tudo Sozinho) que ficou chocado pelas palavras usadas de Anelka à sua pessoa e que isso ultrapassou as barreiras da idade e hierarquia.

O ex-comandante também falou sobre os comportamentos ruins de Nasri e Ribery.

"Um jogador que fez parte da Euro 2008 tinha me avisado sobre Ribery."

"Ribéry, ele continua a envenenar o grupo com sua atitude de uma diva sensível. Quando eu quis agradecê-lo, ele mal me cumprimentou, jogando seu braço para trás: ‘Não me toque!’. Para tudo, Ribéry se levantou, como se eu estivesse felizmente o enforcando”, continuou.

"Nasri simboliza um tipo de jogador que fala sem pensar", disse ele sobre o jovem que recentemente foi proibido pela Federação Francesa de Futebol de jogar pela seleção nacional após insultar jornalista.

Entretanto, ele também fez elogios para Liliam Thuram e Zinedine Zidane.

 "Eu o agradeci (Thuram) por sua honestidade e lhe garanti minha admiração e respeito. Nós conversamos sobre a equipe e os jovens jogadores, é claro, e ele revelou: ‘São pequenos idiotas. Me escute bem, técnico, são pequenos idiotas.”

“Sua autoridade (referindo-se a Zidane) como um líder provou ser incontestável. Ninguém poderia tirar o lugar de Zidane, um líder óbvio com a equipe assim como um jogador fora de série no gramado”, completou.

Relacionados