thumbnail Olá,

O ídolo ucraniano afirmou que não se sente ainda à vontade para ser técnico da seleção

O ex-jogador Andriy Shevchenko recusou convite para ser técnico da Ucrânia. O ídolo do país afirmou que ainda não tem experiência suficiente para assumir o cargo de treinador da seleção.

"Eu acredito que liderar a equipe nacional da Ucrânia, hoje, é um passo um pouco prematuro para mim. Espero que os dirigentes da federação de futebol possam entender a minha decisão", disse o ex-Milan de 36 anos.

A Federação de Futebol da Ucrânia está à procura no mercado para contratar um técnico à seleção após a saída de Oleg Blokhin.

Com dois pontos em três jogos, a Ucrânia está em quinto lugar no grupo H das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2014.

Relacionados