thumbnail Olá,

Falta de provas e testemunhas levou o fim do inquérito sobre incidentes na partida entre Chelsea e Manchester United

A Polícia Metropolitana de Londres abandonou as investigações contra o árbitro Mark Clattenburg, acusado de fazer comentários racistas ao volante John Obi Mikel, do Chelsea, no encontro da equipe com o Manchester United pela Premier League, no final de outubro. A entidade alegou que o processo não pode ser conduzido por falta de provas ou de testemunhas.

A informação foi divulgada em um comunicado oficial.

"Uma investigação foi instaurada com base nos supostos comentários feitos durante a partida de futebol entre Chelsea e Manchester United, em Stamford Bridge, no dia 28 de outubro de 2012", dizia a nota.

"Foram feitos inquéritos, e nenhuma vítima se apresentou para depor. Se a situação mudar e/ou evidências que fundamentem as denúncias de crime vierem ao conhecimento da Polícia, novas investigações serão lançadas, se apropriadas."

O espanhol Juan Mata chegou a ser citado como testemunha, mas foi logo retirado da argumentação do Chelsea, que defendia um processo extenso contra Clattenburg. O juiz de 37 anos não apita um jogo do Inglês desde então.

Relacionados