thumbnail Olá,

Uma investigação sobre corrupção no futebol romeno levou à prisão o ex-capitão do Barcelona Gheorghe Popescu por envolvimento em transferências suspeitas entre 1999 e 2005

Uma investigação sobre corrupção no futebol romeno levou à prisão o ex-capitão do Barcelona Gheorghe Popescu por envolvimento em transferências suspeitas entre 1999 e 2005.

De acordo com a agência de notícias “Mediafax”, ex-jogador foi condenado a três anos de cadeia, enquanto Mihai Stoica, diretor do Steaua Bucareste, pegou pena de quatro anos, no mais severo julgamento para este tipo de crime na história do país,

Embora tenham sido absolvidos em primeira instância, em maio, eles foram punidos agora por não terem declarado parte das transferências de 12 atletas para clubes do exterior. O prejuízo ao governo local teria sido de € 1,2 milhões (R$ 3 milhões). Os acusados ainda podem recorrer.

Com passagem pela seleção romena e com três Copas do Mundo no currículo, Popescu foi capitão do Barcelona em meados da década de 90 e passou por clubes como PSV, Tottenham, Galatasaray, entre outros.

Relacionados