thumbnail Olá,

Em entrevista ao jornal La Gazzetta dello Sport, o ex guarda-costas do Barcelona, Daniel Rojo falou sobre a sua convivência com Lionel Messi no Barcelona entre 2006 e 2008

Em entrevista ao jornal La Gazzetta dello Sport, o ex guarda-costas do Barcelona, Daniel Rojo falou sobre a sua convivência com Lionel Messi no Barcelona entre 2006 e 2008. Roja revelou que, naquela época, o argentino levava uma vida rígida e não tinha permissão para sair e se divertir.

“Messi é um menino humilde e, quando comia, se sentava ao meu lado e eu contava coisas sobre minha vida. Ele não tinha muito que contar da sua, porque não fazia outra coisa a não ser treinar e jogar futebol. Também o proibiam de sair com mulheres, só agora ele está descobrindo o que é viver”, comentou Daniel Rojo.

“Já não trabalho com eles faz um par de anos, mas de vez em quando me encontro com eles. No ano passado, fui ver um jogo do Barcelona com um amigo e cruzei com Leo, que estava acompanhado de duas mulheres belíssimas. Logo descobri que uma delas era sua namorada Antonella e a outra era a mulher de Mascherano, e fui jantar com eles. No fim, Leo me levou para casa em seu carro. Ele foi dirigindo e eu sentei no banco de trás”, lembrou o ex-guarda-costas.

Daniel Rojo também contou que parte do seu trabalho era escoltar jogadores na balada: “Comecei a trabalhar para o Barcelona em 2006, quando Rijkaard era o treinador. O clube me mandava buscar jogadores que tinham bebido demais e não estavam em condições de dirigir. Uma vez, encontrei um jogador que estava tendo sexo oral com duas irmãs em uma zona VIP e uma discoteca. Mas o que Rijkaard poderia dizer, se ele tampouco era um exemplo de comportamento?”.

Relacionados