thumbnail Olá,

O zagueiro do Chelsea afirmou que as várias polêmicas influenciaram na decisão

A Inglaterra perdeu um dos grandes zagueiros da Europa. John Terry anunciou nesta terça-feira que não vai mais defender a seleção inglesa. O jogador do Chelsea afirmou que as várias polêmicas, como as acusações de racismo em que o zagueiro foi inocentado, deixaram o ambiente ruim para ele.

Em comunicado oficial, Terry falou da decisão. “Eu sinto que a Federação Inglesa (FA) fez minha situação na seleção se tornar insustentável. Representar meu país é o que sonhava quando era garoto. Foi uma honra verdadeiramente grande. Eu sempre dei tudo de mim e parte meu coração tomar essa decisão."

Alex Horne, dirigente da FA, rebateu as críticas. "É uma decisão pessoal. Não vemos como insustentável. Eles pertencem a compartimentos diferentes e posso separá-los em minha mente, mas parece que ele não", afirmou.

Quem também falou sobre a decisão foi Roy Hodgson, comandante da seleção inglesa. "Estou muito desiludido por perder um jogador com tanta experiência internacional e com qualidades excepcionais. Aceito a contragosto a sua decisão", disse o treinador.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.

Relacionados