thumbnail Olá,

Depois de três vice-campeonatos em 2011/12, o Bayern de Munique deu a volta por cima e começou a atual temporada levantando um troféu: a Supercopa da Alemanha

A temporada já é outra e o destino parece que também. Depois de três vice-campeonatos em 2011/12, o Bayern de Munique deu a volta por cima e começou a atual temporada levantando um troféu: a Supercopa da Alemanha. Com o brilho do estreante Mandzukic, que marcou um gol e começou a jogada do outro, os bávaros venceram o Borussia Dortmund, na Allianz Arena: 2 a 1. A partida também marcou a estreia do zagueiro brasileiro Dante pelo time de Munique.

E o título tem gosto ainda mais especial pelo fato para o Bayern por conta do adversário. Na última temporada, o Borussia foi responsável por dois vices dos bávaros: na Copa da Alemanha e no Campeonato Alemão. A outra derrota do time de Munique em uma decisão aconteceu na Liga dos Campeões, para o Chelsea.

 O time bávaro apresentou-se muito bem ofensivamente desde o começo da partida e, em poucos minutos, conseguiu abrir a vantagem definitiva no placar. Logo aos cinco, Ribéry iniciou jogada pela esquerda e deu belo cruzamento de trivela. Mario Mandzukic apareceu em velocidade entre os zagueiros, dominou a bola e chutou para abrir o placar e marcar seu primeiro tento oficial com a camisa do Bayern de Munique.

E o atacante recém-chegado acabou sendo fundamental para o segundo gol da partida. Aos 11, o ex-jogador do Wolfsburg deu ótimo lançamento nas costas dos zagueiros para Robben, que chegou sozinho à frente do goleiro Weidenfeller e bateu colocado. A bola bateu na trave, mas ainda sobrou para Müller empurrá-la para o gol.

 O domínio bávaro seguiu pelo restante do primeiro tempo e algumas chances ainda foram desperdiçadas. Na etapa final, o técnico do Borussia Dortmund começou a fazer alterações na equipe para tentar, também, mudar o placar.

Aos poucos, o Borussia foi conseguindo organizar melhor os ataques e, ao mesmo tempo, o Bayern foi tomando uma postura defensiva por conta da vantagem de dois gols. Até que, a 15 minutos do fim, Lewandowski colocou fogo na partida. O artilheiro do Dortmund recebeu na entrada da área, girou entre os zagueiros e bateu colocado, diminuindo a diferença.

Pouco depois, Mario Götze fez ótima jogada e entregou para Kuba na esquerda. O meia invadiu a área e chutou cruzado, jogado ao lado do gol de Neuer com muito perigo.

Notando o crescimento ofensivo do adversário, o técnico Jupp Heynckes optou por uma formação mais defensiva, tirando Ribéry, um dos grandes ídolos da torcida, para dar lugar ao volante Tymoschuk.

 O Borussia continuava a chegar perigosamente, principalmente pelos pés de Götze, mas também abria espaços para os contra-ataques do Bayern. Robben chegou a perder boa chance pela direita a sete minutos do fim do jogo.

O time de Dortmund implementou grande pressão sobre os bávaros nos últimos minutos, mas os donos da casa utilizaram a experiência, seguraram o resultado e garantiram um bom começo de temporada.

Relacionados