thumbnail Olá,

Acusações de racismo provocaram a medida da Federação Inglesa

John Terry não é mais o capitão da seleção da Inglaterra. A decisão foi tomada pela Federação Inglesa de Futebol (FA), após a notícia de que o zagueiro do Chelsea será investigado por supostas declarações racistas contra o defensor Anton Ferdinand, do QPR, proferidas durante o último encontro das duas equipes.

Uma nota oficial da entidade anunciou a decisão.

"Após a decisão do Tribunal em instaurar o julgamento de John Terry para julho, a FA confirma que ele não será o capitão da equipe inglesa até que as acusações contra ele sejam resolvidas. A direção esperava que o processo se resolvesse antes da Eurocopa. Com as informações de quarta-feira, dando conta que uma resolução só sairá após o torneio, a direção discutiu o tópico detalhadamente, e decidiu em conjunto e decidiu, considerando o interesse de todas as partes, que John não terá as responsabilidades de capitão nesse meio tempo."

Não está excluída, contudo, a presença do jogador do Chelsea nas próximas convocações do English Team.

"O presidente da FA, David Bernstein, falou com John Terry e Fabio Capello para lhes explicar os fatos. O treinador não participou da decisão a respeito da capitania da equipe, mas entende que a FA tem a autoridade para tomar a decisão", segue o comunicado.

"Agora, Capello tomará a decisão sobre que levará a braçadeira de capitão daqui em diante."

Não é a primeira vez que Terry perde o posto na seleção. Há dois anos, as confusões envolvendo sua vida pessoal e o lateral-esquerdo Wayne Bridge levaram a Federação a tomar atitude semelhante.

O julgamento do defensor está marcado para o dia 9 de julho.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.

Relacionados