thumbnail Olá,

Nova auditoria revela que problemas financeiro aumentou

Um nova auditoria realizada nas finanças do Barcelona revelou que as dívidas do clube chegaram ao assustador patamar de 442 milhões de euros (R$ 1.016 bilhão). Isso representa uma perda de de mais de 77 milhões de euros (R$ 177 milhões) em relação à temporada 2009/2010.

Quando assumiu a presidência do Barcelona no começo de julho, Sandro Rosell ouviu do antigo presidente, Joan Laporta, que as dívidas do clube eram de "apenas" 11 milhões de euros (R$ 25,2 milhões). Porém, após uma primeira auditoria, foi constatado que a situação era muito pior.

A nova auditoria mostrou que, na temporada 2009/2010, o clube gastou 400 milhões de libras (R$ 1,09 bilhão), enquanto recebeu apenas 341,7 milhões de libras (R$ 929,4 milhões), gerando um déficit de de mais de R$ 150 milhões.

No começo do mês de julho, o Barcelona pediu um empréstimo no valor de 150 milhões de euros para conseguir pagar os salários dos jogadores, além de ter sido obrigado a vender o zagueiro Dymtro Chygrynskiy, que ainda fazia parte dos planos do treinador Pep Guardiola, para o Shakhtar Donetsk.

Apesar de todos os problemas, o Barcelona já contratou o atacante David Villa(40 milhões de euros - R$ 92 milhões) e o lateral-esquerdo Adriano (10 milhões de euros - R$ 27,2 milhões). Os catalães ainda estão atrás de Fábregas e de um volante.

Relacionados