Técnico do Liverpool relembra tragédia

Rafa Benítez quer mundo unido para homenagear vítimas de Hillsborough
O treinador do Liverpool, Rafa Benítez, explicou a importância de que "todo o mundo do futebol lembre" a tragédia ocorrida em 1989 no Estádio de Hillsborough, onde 96 torcedore do clubes morreram durante semifinal da Copa da Inglaterra ,contra o Nottingham Forest.

- É importante não só para os jogadores do meu clube, mas para que todo o mundo do futebol lembre. O Liverpool sempre apoiará as famílias - disse Benítez, que discursará amanhã nos atos pelos 20 anos da tragédia ocorrida no estádio da cidade inglesa de Sheffield.

Acompanhado do vereador Steve Rotheram, Benítez colocará um cachecol sobre o gramado de Anfield e haverá dois minutos de silêncio em Liverpool, Nottingham e Sheffield, que terminarão com 96 badaladas nas igrejas das três cidades.

- Desde que cheguei ao Liverpool, aprendi muito e aprendi o que Hillsborough significa para as pessoas - acrescentou Benítez, que se tornou treinador do Liverpool em 2004 e nesta terça-feira dirigirá a equipe no jogo de volta das quartas-de-final da Liga dos Campeões.

Em 15 de abril de 1989, 96 pessoas morreram esmagadas no estádio de Sheffield durante a semifinal da Copa da Inglaterra. O incidente ocorreu quando uma multidão de torcedores forçou uma das portas do campo e invadiu as escadarias.