thumbnail Olá,

Sob pressão, técnico do Arsenal responde perguntas com hostilidade e diz que sua falta será sentida quando deixar o comando do clube

Arsene Wenger acredita mesmo que sentirão saudades dele no Arsenal quando ele for embora. Aos 63 anos, o treinador estava com um ar hostil na entrevista coletiva antes do duelo contra o Bayern de Munique, nesta terça, pelas oitavas-de-final da Liga dos Campeões. Wenger defendeu sua equipe das críticas depois de ser eliminado da FA Cup pelo Blackburn, da segunda divisão.

Sob pressão, o francês também negou que esteja negociando um novo contrato com o clube.

"Tenho certeza de que vocês sentirão falta de mim quando eu não estiver mais aqui. Um dia vou dizer a vocês todos os times que eu poderia ter treinador," disse, quando perguntado sobre o possível novo acordo.

A derrota para o Blackburn no sábado vai manter o Arsenal no seu longo jejum de títulos, a não ser que a equipe consiga superar o Bayern para seguir na Champions League, mas Wenger ficou furioso quando questionado sobre a eliminação.

"Estou aqui há 16 anos e o meu compromisso é o mesmo de sempre. Estou nesse esporte há 30 anos e se eu fosse paranoico vocês já saberiam disso. Estou trabalhando na Inglaterra há 16 anos e acho que mereço respeito. Você pode dizer que meu trabalho é ruim, mas ficar manipulando as informações é errado," respondeu, rispidamente.

Wenger ainda tentou justificar o que muitos consideraram ser uma escalação alternativa, poupando os melhores jogadores, contra o Blackburn.

"As pessoas dizem que eu não levo a sério a FA Cup, mas já ganhei essa competição quatro vezes. É falta de respeito dizer que eu coloquei um time fraco em campo porque começamos com 11 estrangeiros. Existem muitas análises superficiais. Somos o único time da Inglaterra que jogou uma temporada inteira sem termos sofrido uma derrota sequer. Chegamos a final da Champions League e quase sempre nas quartas e semifinais. As pessoas que dirão que esse ano não é a nossa melhor chance de ganhar, mas eu acho que é uma oportunidade fantástica, porque acredito que minha equipe seja muito forte," encerrou.

Relacionados