thumbnail Olá,

“Creio que ele gosta mais dessas guerras de nervos do que eu. E é brilhante nisso. Nunca estamos certos do que ele está tramando”, disse em entrevista à rede BBC

Em entrevista à rede BBC, Alex Ferguson comentou o reencontro com José Mourinho, elogiando a 'guerra de nervos' utilizada como estratégia pelo técnico português. 

“Creio que ele gosta mais dessas guerras de nervos do que eu. E é brilhante nisso. Nunca estamos certos do que ele está tramando”, afirmou o técnico do Manchester United

Ferguson garantiu que não vai entrar em provocações com o treinador merengue e disse que mantém uma relação de amizade desde os tempos em que o português esteve no Chelsea.

“Eu não vou por esse caminho, nem entrar nessa competição. Sei que ele é muito inteligente e prefiro deixá-lo em paz. Por mim pode fazer o que quiser, desde que continue a me trazer uma garrafa de vinho decente”, acrescentou.

Faltando quatro dias para o reencontro com o Real Madrid, no Santiago Bernabéu, na primeira partida das oitavas de final da Liga dos Campeões, Ferguson não escondeu que as atenções estão todas no Bernabéu.

“Será o maior desafio. Conhecemos os seus pontos fortes, que são óbvios, e o ambiente será fantástico. Eles não costumam perder em casa”, lembrou.

Sobre  Cristiano Ronaldo, Alex Ferguson foi irônico:

“Vejo o Real Madrid todas as semanas. Vi a partida em que eles perderam frente ao Granada e pensei: ‘O Ronaldo marcou mais um grande gol, só que desta vez foi para a equipe errada’”, referindo-se ao gol contra macado pelo português.


Relacionados