thumbnail Olá,

CEO da equipe bávara elege seu clube como favorito, mas prega respeito ao Arsenal

O presidente do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge, acredita que seu time é o adversário a ser batido - sem subestimar os comandados de Arsene Wenger.

"Acho que vamos para essa partida como favoritos, mas não podemos cometer o erro de subestimá-los. O Arsenal tem tido dificuldades na sua liga nos últimos meses, o que uma olhada na tabela da Premier League pode te dizer. Mas não significa que teremos um jogo fácil. Estou ansioso pela partida em Londres e pela volta em Munique," disse o dirigente em entrevista ao site oficial do clube.

Já o capitão do Bayern de Munique, Phillip Lahm, mostrou-se otimista sobre as chances da sua equipe de superar o Arsenal para chegar às quartas-de-final da Liga dos Campeões.

Os bávaros estiveram na final da maior competição europeia duas vezes nos últimos três anos, apesar de terem acabado com o vice nas duas oportunidades. Na última oportunidades, foram derrotados em casa pelo rival londrino do Arsenal, o Chelsea, já eliminado nesta edição. O sorteio das oitavas nesta quinta-feira colocou os alemães diante dos Gunners na briga por uma vaga adiante.

"Foi um bom sorteio. Definitivamente temos chances de avançar. Conseguiremos se fizermos bom uso da grande qualidade do nosso elenco. O Arsenal é um time que eu nunca enfrentei, nunca joguei no estádio deles. Os torcedores e jogadores podem esperar por uma grande atmosfera nas duas partidas. Também estou ansioso para rever Podolski e Mertesacker. É sempre especial enfrentar colegas de seleção," encerrou Lahm.

O primeiro ato do confronto acontecerá em Londres, no Emirates Stadium, no dia 12 de fevereiro de 2013.

Relacionados