thumbnail Olá,

Com chances remotas de classificação na Champions League, ingleses precisam do resultado positivo

O Manchester City joga a vida na Champions League na quarta-feira, quando recebe o Real Madrid no Etihad Stadium. Sabendo que a vitória é o único resultado possível para continuar sonhando com uma das vagas no Grupo D, o técnico Roberto Mancini crava: a equipe terá de fazer uma apresentação impecável diante dos galáticos.

A goleada sobre o Aston Villa no sábado, que colocou o time na ponta da Premier League, é página virada.

"Foi uma atuação muito boa, assim como o resultado, mas isso não conta nada contra o Real Madrid. Não sei se seria o suficiente para vencê-los. É uma das melhores equipes do mundo, e para conseguir isso, precisaremos ter uma atuação perfeita", disse ao Daily Mail.

No primeiro encontro entre as duas equipes, o City chegou perto de uma vitória histórica no Santiago Bernabéu, mas gols de Benzema e Ronaldo garantiram a vitória merengue nos últimos minutos.

"Chegamos perto da última vez, em Madrid, estávamos com o 2 a 1 com poucos minutos para o fim. Mas dessa vez não vai ser tão fácil."

"É um outro jogo, e para vencê-los, precisamos defender muito bem. Eles tem três ou quatro jogadores que podem decidir a partida a qualquer momento, o que vai nos exigir uma dedicação ainda maior", acrescentou.

Apesar do tamanho do compromisso, o treinador italiano acredita na motivação e na capacidade da equipe em conseguir o resultado.

"Para eles, jogar contra o Real Madrid é a essência do futebol. É o tipo da coisa com a qual você sonha quando inicia no futebol."

"Eles [Real] têm muita história, mas acredito que temos os jogadores para vencê-los. É possível", concluiu.

Na outra partida da chave, o líder Borussia encara o Ajax em Amsterdã, podendo garantir a vaga com um simples empate.

Relacionados