thumbnail Olá,

Brasileiro confia na classificação da equipe ucraniana à próxima fase

A derrota para o Chelsea há uma semana significou a perda da liderança no Grupo E da Champions League para o Shakhtar Donetsk, que até a quarta rodada levava a melhor sobre os atuais campeões e a poderosa Juventus. Mesmo com o ponto perdido no último minuto da partida em Stamford Bridge, o meia Fernandinho acredita no potencial da equipe para ir além no torneio.

Ele lembra como, em 2007, o time começou bem na fase de grupos, mas caiu de produção nas últimas quatro partidas e acabou ficando de fora da fase seguinte.

"Em 2007, pegamos o Milan, os atuais campeões naquela época, e perdemos na Itália e aqui [Ucrânia]. Dali em diante, nossa confiança evaporou, perdemos o nosso equilíbrio emocional", contou.

"Hoje, estamos mais maduros enquanto equipe. Sempre disse que esta é a competição mais forte do mundo, então é preciso dar um passo de cada vez se quisermos chegar no nosso objetivo."

"Hoje, nosso sonho é vencer a Champions League", afirmou o jogador de 27 anos, sete deles dedicados ao Shakhtar.

Na próxima semana, o time de Donetsk viaja à Dinamarca para encarar o Nordsjelland.

Relacionados