Mourinho reclama de gol anulado em empate do Real com o Borussia

O técnico José Mourinho reclamou do gol marcado por Callejón, e anulado pela arbitragem quando o Real ainda estava atrás no placar, no empate com o Borussia Dortmund
O técnico do Real Madrid, José Mourinho, reclamou do gol marcado por Callejón, e anulado pela arbitragem quando o Real ainda estava atrás no placar, no empate com o Borussia Dortmund, pela Liga dos Campeões da Europa. A equipe merengue teve dificuldades ao confrontar os alemães e chegou ao empate apenas aos 43 minutos do segundo tempo, quando Ozil marcou em cobrança de falta. Após a partida, Mourinho justificou seu incômodo.

"O empate seria como uma vitória se tivéssemos marcado apenas dois gols. Mas fizemos três, já que o de Callejón estava em condição legal. Por isso não acho que o resultado tem gosto de vitória", decretou o comandante após o jogo.

O português ainda refutou um início de crise no time madrilenho, por não estar na liderança de sua chave. Após quatro rodadas disputadas na Champions League , o Real tem sete pontos, na segunda colocação, e um menos que o atual bicampeão alemão. Ajax, com quatro, e Manchester City, com dois, completam o Grupo D.

"Se o grupo é o mais difícil e o Real Madrid está sempre entre os classificados, não sei qual é o drama. Estamos perto da classificação. Se ficarmos em segundo, é um problema para os primeiros. Não vejo motivos para decepção. Se fosse torcedor, preferia ver um jogo como o nosso, em vez dos de outras chaves, que parecem da Liga Europa", atacou.

Benzema e Higuaín lesionados são dúvidas para o jogo deste domingo, com o Levante, pelo Campeonato Espanhol. Atual campeão da liga nacional, o Real tenta se aproximar dos ponteiros Barcelona e Atlético de Madri. Com 20 pontos ganhos em dez partidas, o clube merengue tem cinco de desvantagem para o vice-líder colchonero , e oito de distância para o ponteiro catalão.