thumbnail Olá,

Atacante do Tottenham toma decisão após conversa com o presidente do país africano e disputará o torneio

Quase três anos depois de anunciar o fim de sua participação na seleção de Togo, o atacante Emmanuel Adebayor afirma que vai defender a equipe na Copa das Nações Africanas 2013, que ocorre na África do Sul a partir do dia 19. A decisão foi tomada após uma conversa com o presidente do país, Faure Gnassingbe, que conseguiu convencer a maior estrela togolesa a representar o selecionado local.

Embora o discurso oficial do Tottenham, de que o jogador estaria liberado para o torneio, o técnico André Villas-Boas cogitou barrar a saída do atacante, conforme o próprio jogador conta.

"Em um clube,  existe o técnico, a torcida e o presidente. Então, foi isso que ele [AVB] contou à imprensa, mas não o que ele me disse. Então, eu vou para o torneio e discutir isso com [o presidente] Daniel Levy quando eu retornar", disse Adebayor em entrevista ao site da federação togolesa de futebol.

Adebayor estava presente quando o ônibus da seleção nacional foi atacado na Angola, no início de 2010, pouco antes de anunciar sua decisão de não representar mais o país. Em 2011, porém, ele voltou atrás, mas cogitou recusar a participação na Copa das Nações se a federação não garantisse a segurança dos atletas.

Relacionados