Belo Horizonte vive tensão antes da semifinal entre Brasil e Uruguai

Protestos antes da partida da Copa das Confederações muda o clima da cidade para o jogo da Seleção.
A poucas horas do jogo entre Brasil e Uruguai, pela semifinal da Copa das Confederações, Belo Horizonte vive um clima de tensão devido à manifestação que irá acontecer na cidade durante a partida no Mineirão.

A Polícia Militar de Minas Gerais já montou um esquema de especial ao redor do estádio. 5.567 policiais serão responsáveis pela segurança dos que vierem assistir ao jogo e também dos que vierem protestar fora do Mineirão. Além disso, 1.500 homens do Exército também participarão do esquema de segurança do estádio.
 
Hoje de manhã, cinco estradas foram fechadas pelos protestos. Além disso, muitos estabelecimentos que ficam na rota da manifestação também não abriram nesta quarta-feira. Alguns torcedores já estão nos arredores do Mineirão desde cedo, para evitar problemas na entrada do estádio. 

Também nesta manhã, alguns manifestantes protestaram em frente ao hotel onde a Seleção Brasileira está concentrada. Por volta das 11h45, eles chegaram com cartazes, faixas e um megafone para protestar.