thumbnail Olá,

O atacante não está preocupado em quebrar recorde de gols em Copas das Confederações.

Prestes a se tornar o maior goleador em Copas das Conferações, Fernando Torres não quer saber de recordes. Com oito gols na história da competição, o atacante está a um gol da marca de Ronaldinho Gaúcho e Blanco, os maiores artilheiros das Confederações. Mas Torres só tem uma preocupação: a Itália.

“Só pensamos na Itália agora. Em 2009, todos nos colocavam na final contra o Brasil e não aconteceu. Vamos passo a passo para não cometermos os mesmos erros. Todo o mundo quer a final Brasil e Espanha, mas temos que respeitar os italianos e os brasileiros têm que respeitar o Uruguai”, disse à Radio Marca.

Os cinco gols só nessa Copa das Confederações também foi uma resposta aos críticos que ainda o perseguem pelas suas não tão boas atuações pelo clube em que joga, o Chelsea.

“Acredito que todo mundo achava que meu primeiro ano no Chelsea tinha sido muito pior do realmente foi. Estou contente com meu rendimento e exijo muito mais de mim”, acrescentou o espanhol.

Relacionados