thumbnail Olá,

Seleção uruguaia tenta fazer transição entre velha e nova geração e confirmar retomada no futebol mundial

PERFIL
Por Tiago Domingos

Bicampeão mundial, o Uruguai passou por um período de seca e chegou a ser considerada uma seleção fora do rol das grandes do futebol mundial. Foram décadas inconstantes, ficando de fora de várias edições da Copa do Mundo. Mas as grandes campanhas na África do Sul 2010 e na Copa América 2011 fizeram a equipe ganhar de novo o respeito dos adversários.

Mas uma transição de gerações pode botar tudo a perder. Isso porque o time está mal nas Eliminatórias e, mesmo sem o Brasil na disputa, luta para conseguir a vaga para 2014. No Grupo B da Copa das Confederações, ao lado de Espanha, Nigéria e Taiti, o treinador Oscar Tabárez mira a disputa da segunda vaga com os nigerianos, mas pede foco no qualificatório para a Copa.

URUGUAI
RANKING DA FIFA: 19º LUGAR
PARTICIPAÇÕES ANTERIORES: 1 (1997)
 MELHOR RESULTADO: 4º LUGAR
DESEMPENHO: 5J - 3V; 0E; 2D



As boas atuações nas últimas competições oficiais foram os últimos suspiros de algumas grandes referências do futebol uruguaio. A passagem para a nova geração tinha que ser feita para que o trabalho continuasse melhorando. Esse é o desafio do treinador Tabárez. Com um ataque muito forte, o Uruguai ainda tenta se encontrar nas Eliminatórias para a Copa do Mundo, onde ocupa apenas a 5ª colocação e, hoje, disputaria a repescagem. Isto num qualificatório com a melhor relação número de participantes/vaga e sem presença do Brasil.

4ª colocada no Mundial da África do Sul, a equipe sul-americana derrubou rivais na competição até as semfinais, quando perdeu para a forte Holanda num grande jogo. A disputa do 3º lugar também foi uma bela partida com os alemães.

O Uruguai participou de uma edição da Copa das Confederações, em 1997. O time ficou na quarta colocação, após vencer todos os jogos da primeira fase e ser derrotado pela Austrália, nas semifinais, e República Tcheca, no disputa do 3º lugar.

COMO SE CLASSIFICOU: conquistou a Copa América

A classificação para a Copa das Confederações veio já em 2011. O Uruguai venceu uma Copa América "estranha". Brasil e Argentina ficaram pelo caminho já nas quartas-de-final. O Paraguai, finalista, não venceu nenhuma partida na competição. A seleção Guarani, aliás, eliminou o Brasil, nos pênaltis, com os brasileiros errando todas as cobranças.

Mas o Uruguai não quis saber disso. Deixou Argentina e Peru pra trás nos playoffs e goleou os paraguaios por 3 a 0 na decisão, com dois de Fórlan e um de Suárez. Foi a 18ª conquista celeste na competição.

 
A ESTRELA DO TIME | EDINSON CAVANI

É até difícil escolher quem é o melhor atacante do Uruguai. Suárez e Cavani estão brilhando no futebol europeu e na sua seleção. Mas é possível falar que o atacante da Napoli está em melhor fase. Sem a fama de encrenqueiro e sem as suspensões comuns ao companheiro, Cavani fez uma temporada magnífica e é alvo de disputa de grande equipes, como Chelsea e Real Madrid.

Foram 29 gols no Campeonato Italiano, o que deu ao centroavante o status de artilheiro da competição. Na temporada, considerando também outros torneios, a média é ainda maior: 0,88 gol por partida. É por essa fase que o Goal aposta que Edinson Cavani pode ser o destaque do Uruguai.


ESCALAÇÃO PROVÁVEL E TABELA DE JOGOS


Muslera
Cáceres, Lugano, Godín e Pereira
Gargano, Pérez, Rodríguez e Ramírez
Suárez e Cavani

16/06
Uruguai x Espanha (Recife)
20/06
Uruguai x Nigéria (Salvador)
23/06
Uruguai x Taiti (Recife)

O técnico Oscar Tabárez deve manter a escalação da última partida das Eliminatórias, quando conseguiu a importante vitória na Venezuela. A única mudança deve ser entrada de Suárez, que estava suspenso, no lugar de Fórlan. O atleta do Internacional foi o melhor jogador da Copa de 201o, mas já não tem o mesmo físico de antigamente.

A projeção do Uruguai é disputar a segunda vaga com a Nigéria. A Espanha é a favorita do grupo e o Taiti deve ser o saco de pancadas da competição. Mesmo assim, o técnico uruguaio pede que a equipe dê atenções maiores para a conquista da vaga para o Mundial, já que uma não classificação seria um vexame para um time que pretende voltar a ser grande.

Relacionados