thumbnail Olá,

José Manuel de la Torre também desconsiderou histórico positivo diante do Brasil

POR FERNANDO H. AHUVIA - DIRETO DE SÃO PAULO

Apesar de ter caído no grupo mais complicado da Copa das Confederações de 2013, junto com Brasil, Itália e Japão, o técnico do México, José Manuel de la Torre disse que sua equipe vai brigar pelo título da competição que será disputada entre 15 e 30 de junho.

- É uma grande satisfação estar ao lado das melhores seleções, são novoe títulos mundiais no nosso grupo, mas não viemos aqui para participar. O México tem o poder de ganhar de qualquer adversário e em qualquer lugar. Temos objetivo de conseguirmos a classificação para a segunda fase e, depois, aspirações ao título – declarou.

Sobre o bom retrospecto mexicano diante do Brasil, De la Torre afirmou que o histórico faz parte do passado. As duas seleções se enfrentam no dia 19 de junho, em Fortaleza, pela segunda rodada da Copa das Confederações.

- O México teve sucesso nessas ocasiões porque estava bem preparado, mas isso não vale mais. Temos de crescer e nos fortalecer. O Brasil tem um novo comando e temos que analisar o oponente para encontrar maneiras de ganharmos novamente – disse.

          

Relacionados