thumbnail Olá,

A avaliação das atuações individuais dos jogadores que participaram da decisão da Copa das Confederações.

Brasil

Júlio César- 6.5

Foi pouco exigido durante o jogo, mas esteve seguro.

Maicon- 6.5
Não foi brilhante, mas muito voluntarioso no apoio ao ataque.

Lúcio- 7.0
Muita raça e bom posicionamento atrás, e o gol do título na frente.

Luisão- 6.0
Atuação apenas regular, atrapalhada pelo mau posicionamento defensivo de todo o time brasileiro na primeira etapa.

André Santos- 6.5
Se apresentou à frente com frequência, apesar de não ter sido incisivo no apoio.

Gilberto Silva- 6.0
Atuação correta à frente da defesa.

Felipe Melo- 7.5
O único jogador brasileiro a atuar bem nos dois tempos do jogo, com passes corretos e firmeza na marcação.

Ramires- 5.0
Muitos erros de passe e falta de iniciativa para encostar em Maicon do lado do campo e buscar as tabelas.

Kaká- 6.5
Não foi bem no primeiro tempo, mas nos 45 minutos finais buscou o jogo dos lados do campo e foi essencial.

Robinho- 5.5
Mostrou vontade para buscar o jogo, mas tecnicamente passa por má fase.

Luis Fabiano- 7.5
Não apreceu muito no jogo, mas foi decisivo com seus dois gols.

Elano- 6.5
Algumas boas inversões de jogo e o escanteio cobrado com perfeição para o gol da vitória.

Daniel Alves- 6.0
Mostrou vontade e disposição para compensar a dificuldade que tem do lado esquerdo.

Estados Unidos

Howard- 7.0
Algumas defesas importantes, que impediram o Brasil de virar o jogo mais cedo.

Spector- 6.0
Participou bem do primeiro gol americano, mas atuou dentro de suas grandes limitações.

Demerit- 6.0
Fez um trabalho razoável na marcação de Luis Fabiano, nada comparado à atuação brilhante que teve contra a Espanha.

Onyewu- 6.5
Muita imposição física e bom posicionamento na bola aérea.

Bocanegra- 5.0
Teve dificuldades na marcação de Maicon e pouco apoiou.

Clark- 5.5
Foi correto na marcação, mas não saiu para o jogo como em outras partidas.

Feilhaber- 5.5
Muita disposição para correr o campo todo, mas por vezes chegava atrasado nas divididas e acabou abusando das faltas.

Dempsey- 6.5
Marcou o primeiro gol e cumpriu um importante papel fechando o lado direito da defesa americana.

Donovan- 7.0
Fez um belo gol e foi o jogador mais lúcido dos Estados Unidos para puxar os contra-ataques.

Davies- 7.0
Rápido e com facilidade para driblar, envolveu a defesa brasileira em várias oportunidades.

Altidore- 5.0
Não repetiu as boas atuações que teve na competição, participando pouco da partida e não conseguindo vantagem sobre os zagueiros.

Bornstein- 6.0
Entrou do lado esquerdo do meio-campo e teve atuação razoável.

Casey- Sem nota.

André Baibich, Goal.com

Relacionados