thumbnail Olá,
Espanha vai atrás de prêmio de consolação

Espanha vai atrás de prêmio de consolação

Fúria encara a África do Sul em decisão do terceiro lugar

Depois de perder a invencibilidade de 35 partidas para os Estados Unidos, a Espanha tenta se recuperar diante da África do Sl, neste domingo, às 10h (de Brasília), e de quebra levar o terceiro lugar da Copa das Confederações como prêmio de consolação.

Apesar de não estar na luta pelo título, como esperado, a equipe garante que lutará pelo terceiro posto.

- É uma partida importante, porque é o prestígio da seleção que está em jogo. Queremos ficar na melhor posição possível. O terceiro lugar é melhor que o quarto. Podemos acabar a temporada mostrando uma boa imagem e demonstrando que somos uma boa equipe. Aconteça o que acontecer, estamos sempre unidos - disse o apoiador Fabregas.

Para a partida, o técnico Vicente del Bosque não poderá contar com o volante Xavi, do Barcelona. Cazorla deve ser seu substituto. O treinador ainda pode fazer mais alterações para dar lugar aos jogadores que ainda não entraram em campo nesta competição, mas ainda não divulgou a equipe titular.

Do outro lado, a África do Sul espera fazer mais uma boa apresentação e se vingar da derrota para os espanhois na fase de grupo, por 2 a 0. O técnico Joel Santana, no entanto, já está satisfeito com os serviços de sua equipe até aqui.

- Ainda temos um ano de preparação antes do Mundial. Se for possível manter esta harmonia, vamos ganhar confiança e nossos jogadores vão se dar conta de até onde podem chegar - comentou o brasileiro.

A seleção que ficar com o terceiro lugar ainda levará o prêmio de 1,9 milhões de euros (mais de R$ 5,1 milhões) como premiação. O quarto lugar desembolsa 1,6 milhões (R$ 4,35 milhões).

FICHA TÉCNICA:

ESPANHA X ÁFRICA DO SUL

Estádio: Royal Bafokeng, em Rustenburg (AFS)
Data/horário: 28/06/2009, às (de Brasília)
Árbitro: Matthew Breeze (Fifa-AUS)
Assistentes: Matthew Cream (Fifa-AUS) e Ben Wilson (Fifa-AUS)

ESPANHA: Reina; Sergio Ramos, Puyol, Marchena e Capdevila; Xabi Alonso, Fabregas, Cazorla e Mata; Fernando Torres e David Villa. Técnico: Vicente Del Bosque

ÁFRICA DO SUL: Khune; Gaxa, Mokoena, Booth e Masilela; Mhlongo, Dikgacoi, Pienaar e Thsabalala; Modise e Parker. Técnico: Joel Santana.

Relacionados