thumbnail Olá,

Além de dever salários, clube é acusado de não pagar por compra de jogadores

O Vasco sofre com a falta de dinheiro e, nesta sexta-feira, o meia Fellipe Bastos admitiu que os funcionários do clube estão a três meses sem salários. O jogador lamentou a situação, mas parece disposto em ficar. Enquanto isso, o alvinegro também é acusado de não pagar pela compra de Jonas e Auremir.

"Passamos os meses de outubro e novembro tentando negociar com o Vasco, mas eles ficaram três meses sem tocar no assunto. Nem nos procuraram. Se ainda quiserem contar com o jogador, vão ter que recomeçar a negociação do zero", afirmou diretor jurídico do Náutico, Sérgio Galvão, sobre o caso do Auremir.

Além da situação com time pernambucano, o  Vasco ainda deve mais de R$ 1 milhão pelo negócio com o Coritiba que envolve a compra de Jonas.

Salários atrasados

Além de não cosneguir pagar alguns jogadores, o Vasco sofre para ter os salários em dia. "Nós tentamos esquecer, mas a situação fica difícil com o atraso de salários e premiações", comentou Fellipe Bastos, em entrevista à Gazeta Esportiva.

Bastos ainda mostrou preocupação com os não-jogadores do clube carioca. "O fim de ano é complicado. Eu torço para que eles consigam pagar os funcionários, que são os mais importantes do clube. O jogador recebe bem, mas os empregados que não ganham tanto vão passar o Natal com problemas para colocar a comida na mesa."

Relacionados