thumbnail Olá,

Presidente atleticano exalta a própria gestão e provoca o rival celeste

A vitória do Atlético por 3 a 2 no clássico contra o Cruzeiro, no domingo, foi o suficiente para que os ânimos se exaltassem no clube alvinegro. Após a partida, o presidente Alexandre Kalil comemorou muito o resultado e o vice-campeonato do Galo, com a promessa de que o clube conseguiria a superioridade dentro de Minas Gerais.

O cartola admitiu que a goleada sofrida na última rodada do Brasileirão passado, que salvou o rival do rebaixamento à Série B, ficou atravessada durante um ano.

"Foi uma vitória comum do time melhor. Nós apanhamos 10 anos porque o time era pior. Agora, o time é melhor. Eles se preparem para apanhar por 10 anos. Agora, sem desrespeito nenhum. Quando o Atlético perdeu, o presidente do clube e do Cruzeiro não desrespeitam ninguém. Eu quero tratar no mesmo nível que as coisas foram tratadas por lá", declarou, conforme publicado no Superesportes.

"Aquele 6 a 1 custou caro demais para eles. Vão pagar esses 6 a 1 por muitos e muitos anos."

Depois de bater na trave algumas vezes, o Atlético garante, enfim, uma vaga na Copa Libertadores, diretamente na fase de grupos.

"É uma boa hora para se lembrar o que falei quando fui candidato à reeleição. Eu plantei muito no Atlético e vou começar a colher. Se não foi uma safra de outro mundo, foi uma boa safra. Então, é o seguinte, estamos colhendo o que plantamos", encerrou o mandatário.

Relacionados