thumbnail Olá,

Presidente do Palmeiras sofre com a pressão da torcida contra o rebaixamento

O presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, desabafou sobre a pressão que sofre quanto ao virtual rebaixamento do Verdão à Série B.

Ele falou da sua administração enquanto mandatário do clube e admitiu:

"Lutamos, fizemos de tudo, mas não tem mais o que fazer agora. Chega um momento em que (a situação) não depende mais da gente", disse em entrevista ao Estado de São Paulo publicada nesta quarta-feira.

Tirone praticamente jogou a toalha quanto à queda para a segunda divisão.

"Vou falar o quê? A gente fez o que dava para fazer. O time é o mesmo que foi campeão da Copa do Brasil. É difícil explicar como as coisas mudaram desse jeito. Tivemos muito azar com problemas de lesões e não soubemos superar essas coisas", completou.

Mas ainda mostrou que tem esperanças da equipe se salvar.

"Temos de acreditar. Pode acontecer de tudo no futebol. Sei que não vamos desistir jamais", encerrou.

O Palmeiras está em 17º lugar no Campeonato Brasileiro com 33 pontos, sete atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento, faltando nove pontos para serem disputados na competição.

Relacionados