thumbnail Olá,

O processo deve continuar após cinco dias de folga, ou até ser prorrogado para 2013

A situação do atacante Emerson, do Corinthians, e do volante Diguinho, do Fluminense, continua uma incógnita. O julgamento por contrabando e lavagem de dinheiro, que envolve os dois jogadores, foi adiado para daqui cinco dias.

A sessão, que começou às 14h45, sofreu atraso de 45 minutos, e durou cerca de duas horas e meia, não teve qualquer definição. Os dois jogadores foram ouvidos e a defesa pediu o prazo de cinco dias, já que duas testemunhas do caso não estiveram presentes no local.

O atacante Emerson é acusado de importar ilegalmente dois carros, uma BMW X6, que foi vendida para Diguinho, e um Chevrolet Camaro, em 2010. Mas ele nega que tenha cometido qualquer infração. "Estou chateado por tudo que aconteceu, pois não fiz nada. Mas não tenho a menor preocupação quanto ao Mundial. Eu confio na Justiça."

A pena para os dois jogadores pode chegar até a 14 anos, sendo a mínima de quatro. Neste caso, o atacante correria o risco de não poderia viajar com o Corinthians para disputar o mundial. A situação, no entanto, é otimista, pois, caso as testemunhas faltosa sejam mantidas, o julgamento só volta a acontecer em janeiro, após o Mundial.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.

Relacionados