thumbnail Olá,

O jogador ficou menos de três minutos em campo e foi expulso, após acertar Rafael Sóbis

O Grêmio conseguiu um complicado empate contra o Fluminense, em pleno Engenhão. Foi difícil, pois a equipe estava com um a menos, após expulsão de Marcelo Moreno, que tinha acabado de entrar no lugar de Leandro. O boliviano, pelo próprio site oficial, pediu desculpa e negou qualquer deslealdade no lance.

"Peço desculpas aos meus companheiros de time, à comissão técnica e aos torcedores do Grêmio por não ter conseguido dar minha parcela de contribuição no jogo contra o Fluminense. Foi tudo muito rápido. Em nenhum momento tive a intenção de agredir meu colega de profissão", disse Moreno.

O jogador ainda lamentou que, após todo o esforço para voltar da seleção mais cedo, não tenha ajudado. "Fiquei muito triste por tudo o que aconteceu, porque fiz um esforço grande para estar em campo. Saí bem cedo da Bolívia, peguei dois voos e cheguei no Rio duas horas antes da partida começar."

O atacante ainda fez questão de negar qualquer maldade na jogada. "No lance anterior eu já tinha levado um chute, quase caí e acabei ficando para trás na jogada. Então, quando a bola subiu, estiquei o braço para tentar me antecipar e já me proteger. Sou mais alto que o Sobis e por isso meu braço acabou atingindo o peito dele", se defendeu Moreno.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.

Relacionados