thumbnail Olá,

O clube gaúcho já pensa na próxima temporada e busca formas de colocar dinheiro no bolso

O Grêmio já está se preparando para a próxima temporada e, nesta quarta-feira, anunciou um acordo com dois fundos de investimentos para melhorar a saúde financeira da equipe. O acordo foi selado e divulgado pelo site oficial do clube.

Segundo nota oficial, os dois fundos têm objetivos diferentes. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) que reduzirá o custo financeiro do Clube em até 40% e alongará ainda mais os prazos de pagamento do passivo já equacionado. O segundo é o Fundo de Investimento em Participações (FIP) que atrairá parceiros de longo prazo e arrecadará ainda mais recursos para ampliar a capacidade de investimento do Clube no Futebol.

O presidente do clube, Paulo Odone, comentou sobre o acordo. “Não bastam apenas boas intenções ou teorias. É preciso soluções concretas como estas para alcançar os resultados de campo e financeiro que desejamos para o Clube."

Cristiano Koehler, executivo geral do Grêmio, também explicou sobre a situação. “A implantação destes mecanismos alçará o Grêmio a um patamar ainda mais elevado na sua gestão esportiva e financeira. Buscamos à exaustão alternativas no mercado financeiro com objetivo único de captar recursos diferenciados para aplicação na operação."

Os dois investimentos serão feitos pela empresa Quantitas, que é especializada nesse tipo de gestão. “Para nós, foi fundamental desenvolver um trabalho de tamanha relevância em um clube com a organização e o profissionalismo que encontramos no Grêmio”, afirmou Luís Otto, sócio-diretor comercial da empresa.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.

Relacionados