thumbnail Olá,

Buscando se aproximar do G-4, Santos e Internacional serão adversários neste sábado, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ambos terão que lidar com desfalques nas equipes.

Adversários diretos na busca por uma vaga na Copa Libertadores, Santos e Internacional se confrontam neste sábado, às 16h20 (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Entretanto, a distância entre os adversários é grande. O clube alvinegro ocupa a 14ª colocação, com 34 pontos, enquanto os colorados estão a 6 da quarta vaga, com 41 pontos. 

Santos sem Neymar

Por cumprir suspensão automática nos três jogos seguintes da competição, Neymar será um dos desfalques do Santos. Por conta disso, o técnico Muricy Ramalho optou por escalar Bernardo na vaga de atacante titular. O volante Henrique também retorna, depois de se recuperar de uma lesão no púbis, no lugar de Adriano, que também é um dos jogadores suspensos.

Além do Inter, o Santos ainda terá que enfrentar o Botafogo, Vasco e Atlético-MG, para alcançar uma vaga na Libertadores. "Matematicamente temos condições, é difícil, mas o Campeonato Brasileiro não dá para escolher, pois todos os jogos são duros, sempre tem alguma surpresa", afirmou o treinador.

Com isso, Santos deverá entrar em campo com a seguinte formação: Rafael; Ewerton Páscoa, Bruno Rodrigo, Durval e Gerson Magrão; Henrique, Arouca, Bernardo e Felipe Anderson; Miralles e André.

Inter quer vaga no G-4

Para o jogo desta 28ª rodada, o técnico Fernandão terá que administrar os desfalques dos jogadores Índio, com lesão na virilha esquerda, do meia D'Alessandro, em recuperação de contusão muscular na coxa, e do centroavante Leandro Damião, com entorse no tornozelo direito. Na zaga, o substituto de Índio será Jackson e no ataque Rafael Moura.

Até agora, a dúvida é sobre o substituto de D'Alessandro. As opções de Fernandão são os meias Dátolo e Lucas Lima. No entanto, o treinador se mostrou mais propenso a escolher o meia argentino pela sua experiência. "Eu testei os dois jogadores porque era a duvida que eu tinha naquela função, o Dátolo tem uma característica um pouco diferente da do Lucas. Ainda estou para definir, mas tem uma tendência muito grande em relação ao Dátolo por conta do que ele pode me colocar de característica para este jogo, mas o Lucas também está vindo muito bem. Devo começar com o Dátolo este jogo pela condição que ele me da e pelo que eu imagino para este jogo contra o Santos", destacou Fernandão.

Portanto, a tendânecia é que o Internacional inicie a partida com: Muriel; Nei, Jackson, Rodrigo Moledo e Kleber; Ygor, Guiñazu, Fred e Dátolo; Forlán e Rafael Moura. As informações são do Portal Terra.

Relacionados