thumbnail Olá,

Mesmo com derrota, torcida ovacionou equipe pela entrega dentro de campo

A torcida estava lá novamente e apoiou o time durante os 90 minutos e viu jogadores empenhados, determinados a saírem de campo com mais três pontos. No entanto, com muitas chances de gol perdidas, o Flamengo viu o Fluminense comemorar o 1 a 0. Mas nada que abalasse a lua de mel que vivem time e torcida. Aplaudidos no final do clássico, os jogadores rubro-negros lamentaram a falta de pontaria e prometeram voltar a vencer já na quinta, contra o Bahia.

Cléber Santana, que teve sua chance de balançar a rede, no primeiro tempo, completando cruzamento cara a cara com o gol tricolor, ressaltou a atitude da equipe e adiantou que isso não vai mudar.

"Nossa atitude em campo mudou. Criamos muitas jogadas, corremos muito, mas perdemos muitas chances claras de gol. Eu perdi uma, outros companheiros perderam outras... Temos que manter essa pegada e vencer na quinta", disse o meia.

Vagner Love também teve seus bons momentos durante o jogo, mas não os converteu em gols, sua especialidade. Mesmo assim, o Artilheiro do Amor elogiou muito o time.

"Poderíamos, em dúvida, até ter ganhado esse jogo. Perdemos muitos gols e tivemos um momento de desatenção no primeiro tempo. Jogamos muito melhor que o Fluminense e merecíamos, ao menos, um empate. Foi um resultado injusto. Tivemos mais posse de bola e dominamos eles o jogo todo. Merecíamos mais", afirmou o camisa 99 do Flamengo, explicando o motivo de não ter cobrado o pênalti.

"O Bottinelli estava em campo, pediu para bater e tinha treinado muito mais do que eu. Esta semana eu não treinei muitos pênaltis e ele estava confiante. Isso acontece no futebol".

Relacionados