thumbnail Olá,

Punido pelo STJD, o Verdão está impossibilitado de jogar na capital paulista pelas próximas quatro partidas. Kleina pede apoio da torcida nos jogos que serão realizado no interior.

Punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e sem a possibilidade de jogar na capital pelas próximas quatro partidas, o Palmeiras irá decidir a sua situação no Campeonato Brasileiro no interior paulista. A situação resultou em um apelo por parte de Gilson Kleina.

"Tenho que fazer um apelo para a torcida. A pressão da torcida tem que ser a mesma, independentemente de onde formos jogar. Peço que façam da viagem para o interior um entretenimento. Vamos apoiar o Palmeiras! Precisamos manter essa energia para dar mais um passo", pediu o treinador palmeirense, que acumula duas vitórias no comando clube alviverde.

Após o comportamento agressivo de alguns torcedores, especialmente na derrota para o Corinthians, no último dia 16, no Pacaembu, o público palmeirense apoiou a equipe neste sábado, diante da Ponte Preta. Mesmo com o frio, mais de 30 mil torcedores estiveram presentes no Paulo Machado de Carvalho e presenciaram uma das melhores atuações da equipe alviverde. Para Kleina, o apoio da arquibancada foi indispensável para a atuação da equipe.

"Essa energia passou para os jogadores. O apoio da torcida refletiu no time. Jogar com essa massa, a favor, é ótimo. Os jogadores vão adquirindo uma ferramenta que no ritmo final do Campeonato Brasileiro é importante. Isso dá muita confiança", analisou Kleina.

No próximo dia 11, o Palmeiras já não jogará na capital paulista, quando enfrentará o Coritiba. Também ocorrerão no interior do estado de São Paulo os jogos diante do Cruzeiro, no dia 20; Botafogo, em 4 de novembro; e Fluminense, no dia 11.

Punido no artigo 213, parágrafo 1º, do Código Brasileiro de Justiça (desordem, invasão ou lançamento de objeto causando prejuízo ao andamento do evento desportivo) e multado em R$ 40 mil, o Palmeiras retorna ao Pacaembu somente na penúltima rodada do Brasileiro, contra o Atlético-GO. As informações são do Portal Terra.

Relacionados