thumbnail Olá,

Depois do afastamento do árbitro Pablo dos Santos, que não marcou um pênlati claro na partida entre Flu e Náutico, torcedores alvirrubros protestam contra a arbitragem.

Por conta de uma faixa de protesto exposta pelos torcedores do Náutico contra a arbitragem, o jogo diante do Atlético-GO iniciou com um atraso de aproximadamente 16 minutos. Leandro Pedro Vuaden não gostou de ver a manifestação dos alvirrubros e só autorizou o início da partida quando a torcida retirou o objeto.

A faixa de protesto tinha os dizeres: “Não irão nos derrubar no apito” e foi colocada no lado oposto às cabines de rádio e TV. “Essa medida deixa o clima tenso porque a torcida do Náutico acaba pressionando a arbitragem. De qualquer forma, teremos um grande jogo pela frente e podemos surpreender o Náutico”, disse o atacante Patric, do Atlético-GO.

Durante a semana, o árbitro Pablo dos Santos Alves foi penalizado com afastamento por tempo indeterminado pela comissão de arbitragem da CBF. A medida foi tomada após sua atuação na partida entre Náutico e Fluminense, sábado passado, em Volta Redonda.

Na oportunidade, o Fluminense venceu por 2 a 1, mas o árbitro deixou de marcar um pênalti claro do zagueiro tricolor Gum no atacante Kim, nos minutos finais da partida.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.
   

Relacionados