thumbnail Olá,

Goleiro acredita que equipe sucumbiu muito facilmente frente o Atlético-MG, no Independência

O São Paulo bem que tentou, mas não suportou a pressão do Atlético-MG após a expulsão do lateral-direito Douglas e acabou sendo derrotado por 1 a 0 no Independência. Para o goleiro Rogério Ceni, o fato de jogar com um a menos não teve tanta relevância, já que o Tricolor já estava sendo dominado pelo time da casa.

"Não conseguimos jogar mesmo quando tínhamos 11 contra 11. Parece até que, com 10 contra 11, o time deu uma acertada melhor. Fomos pressionados o jogo todo. Não tivemos uma chance, acho que o Victor só defendeu um chute", avaliou o capitão são-paulino após a partida.

O resultado negativo deixa o São Paulo com os mesmos 36 pontos, seis atrás do Vasco, primeiro integrante do G-4. Até por isso, uma vitória em casa sobre a Portuguesa, no sábado, torna-se fundamental para as pretensões do time do Morumbi.

"A gente vê a ponta do campeonato ficando longe, a própria Libertadores. A gente fica falando que vai chegar, que vai chegar, e não ganha o próximo jogo. É decepcionante a derrota. Faltam algumas coisas que a gente tem que achar, mas também não temos que falar publicamente", resumiu Ceni.

Voltando da Seleção após os dois amistosos, o meia Lucas sintetizou o momento da equipe.

"Temos que continuar lutando, não importam os outros resultados. Temos que fazer nossa parte, o que não fizemos hoje."

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.
   

Relacionados