Corinthians estabelece metas para o Brasileirão

Clube quer evitar o rebaixamento antes de mirar a parte de cima, afirma diretor Roberto de Andrade
Por mais que evite o tópico, o Corinthians já tem bem certo que dará prioridade para a disputa do Mundial de Clubes em dezembro. Ainda assim, o clube espera evitar surpresas no Brasileirão, e espera manter um certo nível de rendimento para fugir do risco de rebaixamento o quanto antes. É o que revela o diretor de futebol Roberto de Andrade.

Em declarações publicadas pela Placar, o dirigente afirma que a equipe precisa atingir o limiar dos 45 pontos para evitar o Z-4, mas não deve utilizar força total a todo o momento: já no meio de semana, diante do Figueirense, o técnico Tite cogita poupar alguns nomes.

"Queremos chegar rapidamente aos 45 pontos, este é nosso cálculo para não ter mais chance de descenso. Mas vamos manter o alto nível mesmo assim, para a equipe chegar entrosada e motivada ao fim do ano", disse Andrade.

"A ideia é sempre estar bem, mas não posso me preocupar com outros times, tenho de ver o que é melhor ao Corinthians e é isso que estamos fazendo."

Para o cartola, a comissão técnica manterá um equilíbrio na utilização dos jogadores para que eles cheguem em dezembro ainda em condições de render em alto nível.

"Não vamos estourar 11 jogadores. Nós pensamos em nós. Se isso incomodar os outros, não posso fazer nada."

"Estamos pensando no Mundial do fim do ano e não queremos perder ninguém. Não podemos submeter o jogador a um desgaste maior, até porque não temos necessidade extrema. Levamos cada um ao limite em que aguentar. Quando chega a este limite, tiramos e colocamos outro", arrematou Roberto de Andrade.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.