thumbnail Olá,

Treinador reconhece necessidades, mas sabe que não há muito dinheiro para gastar

Campeão da Copa do Brasil, mas mal no Brasileiro, próximo à zona de rebaixamento, Luiz Felipe Scolari não nega que há a necessidade de reforçar o elenco palmeirense, mas reconhece entender a falta de recursos do clube para contratar:

- Não adianta contratar e gastar o que não tem que gastar. O Palmeiras tem que se preocupar com este final de campeonato, mas também com o ano que vem. Minha função é deixar o clube em uma função melhor - falou o treinador, admitindo a importância do próximo ano.

A dificuldade de trazer atletas por conta do número de jogos já disputados por outra equipe, além das grandes cifras do mercado, também foi citada:

- Como vamos trazer alguém que já tem sete jogos ou por quem o mercado faz valores estratosféricos?

Por fim, o comandante do Palmeiras lamentou a crise de lesões do seu elenco. Até mesmo alguns reservas imediatos estão fora de combate, o que, para ele, tem prejudicado o desempenho do time:

- Quando terminou a Copa do Brasil, pedi à direção que contratasse quatro jogadores para fazer frente no campeonato. E tínhamos ideia de algumas lesões, mas não tantas. Estão fora titulares e opções que sempre entram - explicou.
   
   

Relacionados