thumbnail Olá,

Atacante é apresentado como reforço e lembra passagem negativa no Dinamo de Kiev

De volta ao clube que o revelou para o futebol, o atacante André revela que nunca havia desejado sair, em primeiro lugar. Depois de ser apresentado como reforço na quarta-feira, o jogador lembrou de sua transferência para o Dinamo de Kiev, em 2010, mudança que não aprovou na época, e pela qual mostra certo arrependimento, dois anos mais tarde.

Destaque da equipe na conquista da Copa do Brasil daquele ano, o goleador mostra vontade em retomar o futebol que o levou à Seleção brasileira na época.

"Particularmente, não queria (ir para o Dínamo), mas tive que ir por causa dos valores. O dinheiro na época foi bom, mas acho que isso já é passado. Amadureci muito (na Europa) e volto muito mais preparado. Agora, é o momento de fazer tudo diferente e esquecer a venda para a Ucrânia", contou, em declarações reproduzidas pelo Globoesporte.

"Eu saí do Santos quando vivia um momento maravilhoso. Estava jogando e sendo convocado (para a Seleção). Na Ucrania, fiquei sem jogar, fui esquecido. Acho que você entende que o ideal é estar bem, jogando e feliz. Dinheiro não é tudo."

André pode fazer sua reestreia com a camisa alvinegra nesta quinta-feira: regularizado junto à CBF, o atacante já foi relacionado pelo técnico Muricy Ramalho para o jogo contra o Figueirense, às 21h.

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.
   

Relacionados