thumbnail Olá,

Para o treinador, equipe tem tido muitos erros ao longo dos jogos

Com mais uma derrota na competição, o técnico Celso Roth, do Cruzeiro, falou sobre os erros da equipe no último jogo, diante do Santos. Para o treinador, a equipe atuou muito abaixo do que é capaz, e os erros ao longo dos jogos tem sido fatais. Apesar de admitir os erros, Roth aproveitou para questionar a arbitragem.

"Jogamos tecnicamente muito mal, erramos demais. Aqui na Vila (Belmiro) o campo é muito rápido e não é permitido errar. Erramos demais, muito erro. Erro de passe, de posicionamento, de bola parada... Jogamos mal, o Santos mereceu, mas é bom registrar que o gol do Wallyson não estava impedido e teve um impedimento no quarto gol do Santos. É complicado isso, a gente joga mal e ainda tem o erro da arbitragem. Isso aí, somado, acaba dando esse resultado. Isso não justifica, pois jogamos muito mal. Hoje foi uma apresentação abaixo da crítica", afirmou o treinador.

Celso Roth voltou a falar da bola parada, que castigou mais uma vez o Cruzeiro, e, questionado sobre a opção por Sandro Silva em lugar de Charles na equipe titular, o treinador disse que a intenção de ter um meio-campo mais marcador, liberando os laterais, acabou não surtindo efeito.

"Não aconteceu nada disso, tanto que a gente mudou no segundo tempo. O Sandro, infelizmente, não fez uma partida naquele nível que a gente esperava, mudamos, colocamos o Charles, e melhorou um pouco. Seguramos os laterais, fizemos o gol de empate e, em uma bola parada, levamos um gol, de novo, fora do contexto. Perdemos para a Ponte (Preta) com um gol de bola parada, hoje levamos o terceiro gol em bola parada, o quarto gol estava em impedimento. Temos que corrigir isso, mudar a nossa maneira de jogar, e vamos mudar já para Salvador. Não é possível o Cruzeiro ter uma apresentação como essa", concluiu o comandante.

Relacionados