thumbnail Olá,

Treinador colorado quer evitar o clima de "já ganhou" e classifica partida como "armadilha"

Próximo de enfrentar o Náutico, o Internacional tenta afastar o clima de "oba-oba" e "já ganhou" por parte da imprensa e torcida para não ser surpreendido pelo adversário dentro de casa.

Fernandão, o treinador da equipe, diz estar trabalhando a cabeça de seus comandados para eles não entrarem em campo relaxados, apesar de também entender que os mesmos são os favoritos para saírem com a vitória:

- É um jogo pontual. A partida com o Náutico é uma armadilha. Você vem em uma sequência boa. Além disso, com todo o respeito, o Náutico não tem o mesmo nome. Aí as pessoas acham que você vai entrar e ganhar tranquilamente. A gente tem que trabalhar a cabeça dos jogadores para que eles não pensem assim.

O time que deve entrar em campo será formado por: Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Fabrício; Ygor, Guiñazu, Bolatti e Fred; Jajá e Diego Forlán.

Relacionados